Skip to content

Posts tagged ‘água’

Alimentos que causam mau humor

Descubra por que doces, arroz branco e mais aumentam irritação

Fonte: Personare

Nesta quarta-feira (13/11) é o Dia do Mau Humor. E, afinal, quem nunca teve um dia atribulado, que gerou mais frustração do que felicidade? Para aplacar a irritação, muita gente recorre à comida para se sentir melhor. No entanto, nem sempre a sensação depois de comer é de bem-estar. Isso acontece porque alguns alimentos pioram o humor, ao invés de melhorá-lo.

Segundo a especialista em Saúde Integrativa Melissa Setubal, o tipo de alimento ideal para cortar rompantes de humor e prolongar a sensação de bem-estar no corpo é o que estabiliza os níveis de insulina no sangue. Vitaminas, minerais e fitonutrientes (substâncias que têm ações específicas no organismo humano quando ingeridas, como o revesterol da uva ou o licopeno do tomate) estão na lista, já que estimulam hormônios e neurotransmissores que são ligados à questão do bem-estar.

De acordo com Melissa, mudanças no cardápio podem ser incorporadas no dia a dia para trazer mais alegria, mas é preciso ter atenção na quantidade de alimento ingerido. “Qualquer coisa em excesso pode causar problemas no organismo, mesmo que seja um alimento que trará felicidade”, informa a especialista.

Confira aqui alguns alimentos que causam mau humor e possíveis substituições por comidas mais “felizes”. Read more

Anúncios

“Minhas cólicas menstruais diminuíram muito e não tenho mais um dia perdido”

Menstruação não precisa ser sinônimo de sofrimento. É possível menstruar naturalmente sem sintomas e sem atrapalhar suas atividades do dia-a-dia.

Na última parte da entrevista, Débora Rubin, uma das clientes do meu Sistema de Saúde Integrativa da Mulher, fala sobre suas experiências durante e depois do programa, as transformações de sua alimentação, de sua relação com sua menstruação e seu corpo, e com sua energia feminina.

Quer conferir as outras partes desta entrevista? Acesse aqui.

Entrevista concedida para o Programa Salutis em 03 de dezembro de 2012.

Como lidar com os sintomas emocionais da TPM

O período pré-menstrual é momento de desacelerar, de introspecção, de entrar em contato com as emoções.

Na terceira parte desta entrevista, converso sobre feminino, ciência e holismo, e dou dicas sobre o que fazer para lidar melhor com as emoções que vem com a TPM, e quais os alimentos ideais para serem consumidos neste período.

Quer conferir as outras partes desta entrevista? Acesse aqui. E fique ligada na última parte desta entrevista que vou publicar nas próximas semanas e leia uma pouco mais aqui.

Entrevista concedida para o Programa Salutis em 03 de dezembro de 2012.

3 dicas simples para acabar com a TPM

Às vezes sofremos por tanto tempo com alguma questão de saúde que não percebemos que com ações muito simples podemos dar aquele pontapé inicial rumo a recuperação de nosso corpo.

Na segunda parte desta entrevista, converso sobre como a água, a yoga e o suporte dos homens da sua vida podem ser ingredientes fundamentais para um ciclo menstrual com menos sintomas e mais descobertas.

Neste vídeo também compartilho um pouco da minha transformação pessoal, de como passei de executiva de uma grande empresa a coach de saúde integrativa e terapeuta holística, e de como recuperei minha saúde física e mental, por meio da alimentação, coaching e reiki.

Quer conferir a primeira parte desta entrevista? Acesse aqui. E fique ligada nas demais partes desta entrevista que vou publicar nas próximas semanas e leia uma pouco mais aqui.

Entrevista concedida para o Programa Salutis em 03 de dezembro de 2012.

Água para ter mais beleza, saúde e disposição

Descubra porque beber esse líquido faz tão bem para sua vida

Você sente aquele cansaço. Uma incontrolável sonolência chega, talvez também aquela dor de cabeça chata. Você olha para o computador ou para os colegas em uma reunião e não consegue se concentrar no que está fazendo. Aquela fome bate forte, mesmo que você tenha comido há apenas duas horas, e você mal consegue se lembrar o que falaram para você cinco minutos atrás. Seu mau humor e sua TPM estão atacados hoje, e você tem muita dificuldade em lidar com as situações estressantes que aparecem. Sua pele está sem vida, você sente seu corpo inchado e lento.

água coração

Podemos encontrar um monte de explicações para todos estes sintomas, mas quase nunca nos atentamos para uma muito simples: desidratação. Sim, um simples copo de água pode ser a diferença entre um dia de mal estar ou corpo e mente funcionando a pleno vapor. Segundo o médico Fereydoon Batmanghelidj, no seu famoso livro “Your Body?s Many Cries for Water” (em traducão livre: “Os muitos gritos do seu corpo por água”), é estimado que 75% das pessoas sofrem de desidratação crônica e suas consequências descritas acima. Muitas delas nem vão saber que alguns litros de água todos os dias são a solução para os males que as acompanham diariamente.

Mas não espere sentir sede para beber água, pois quando o corpo manda este tipo de sinal é porque ele realmente está entrando em pane. É muito comum o cérebro mandar sinais de fome para saciar a sede, pois para muitos de nós o alimento é a única forma de conseguir água para que o corpo possa continuar funcionando – mesmo que esta seja uma forma pouco eficiente para isso.

Além disso, nenhum outro líquido substitui a capacidade de desintoxicação e hidratação da água pura. Vale lembrar que refrigerantes, bebidas cafeinadas ou alcoólicas têm efeito desidratante, apesar de serem líquidos. Isso acontece porque o corpo precisa gastar mais água para processá-los do que a quantidade de água que eles contêm.

Para você saber qual é a quantidade mínima ideal de água para tomar diariamente, existe uma conta muito simples:

seu peso ÷ 8 = quantidade de copos de 250ml por dia.

mulher bebendo água

Ex.: se você pesa 80 kg, divida esse número por 8 (80 ÷ 8) = 10 copos de água por dia.

Aumente esta quantidade nos dias de clima mais extremo, como muito calor ou muito frio ou muito seco. Ou ainda quando consumir os líquidos citados acima ou alimentos que desidratam, como os muito salgados, doces ou gordurosos, ou durante e depois de uma atividade física ou intelectual intensa.

Se você tem dificuldades para lembrar de beber água, estabeleça horários fixos ao longo do dia, diminuindo a quantidade no período da noite para não interferir no sono. Use o alarme do seu telefone para ajudar você a lembrar, ou encontre pessoas para juntos se apoiarem a incluir mais água no seu dia.

Independente de qual for sua resolução de ano novo, seja perder peso, ter uma saúde melhor, ser mais produtivo ou mais feliz, comece bebendo água!

Fonte: Personare

%d bloggers like this: